Acompanhamentos, Dicas/Técnicas

Técnicas para o Cozimento do Arroz

Hoje eu estreio uma série nova aqui no blog e canal com receitas básicas. Eu recebo bastante perguntas pedindo dicas para receitas bem simples e muita gente que acompanha o Vai Comer o Quê está aprendendo a cozinhar agora e não sabe muito bem por onde começar.  Então eu espero ajudar à essas pessoas e também dar pequenas dicas pra quem já domina, porque, vamos ser sinceros, sempre tem algo que a gente não sabe, e eu me incluo nesse grupo.

O primeiro episódio dessa série, é sobre o arroz. Ele está presente quase todos os dias na mesa do brasileiro e é um dos acompanhamentos mais baratos e versáteis pra uma refeição.  O arroz é um pouco subestimado, eu acho, e todo mundo pensa que é muito fácil de fazer, então não tem erro. Mas a maioria das pessoas já queimou ou empapou um arroz na vida e isso prova que é preciso entender o grão pra tirar o melhor proveito dele.

arroz soltinho

O arroz é cultivado em todos os lugares do mundo, com exceção da Antártica. Todas as culturas utilizam esse grão nos seus pratos típicos e existem mais de 40 mil variedades! Cada um tem as suas características e um modo de preparo adequado. Os tipos mais comuns de arroz para o dia a dia são:

Agulhinha

Também conhecido como tipo 1 ou longo fino, é o arroz mais consumido no Brasil. Ele é rápido para cozinhar e possui pouco amido, diminuindo as chances de grudar um no outro.

Basmati

De origem indiana/paquistanesa, o arroz basmati é considerado o tipo mais nobre. Ele tem um grão bem longo e fica bem soltinho no cozimento.

Jasmin

De origem tailandesa, o arroz jasmin é  parecido com o basmati, mas o seu grão é menor e o sabor é levemente floral.

Parboilizado

Ele é mais saudável do que qualquer outro arroz branco, porque o seu grão é cozido dentro da casca, preservando assim os nutrientes e vitaminas.

Integral

No processo de produção do arroz integral, somente a camada exterior do grão é retirada, danificando menos o grão e preservando os nutrientes. Ele tem as mesmas calorias do arroz branco, mas com muito mais fibras.

Lavar ou não lavar?

Existem vantagens e desvantagens quando se lava o arroz antes do cozimento. Por um lado, é bom lavar para retirar excesso de amido do grão e deixá-lo mais soltinho. Mas por outro lado, quando se lava o arroz, vários nutrientes e vitaminas são descartados, então para um arroz mais nutritivo, o ideal é não lavar.

Isso também vai depender de cada tipo de grão. Para o basmati, por exemplo, recomenda-se lavar e deixar de molho por pelo menos 30 minutos para ajudar o arroz a expandir.

Armazenamento:

Espere o arroz esfriar completamente para levar à geladeira. Isso vai ajudar para que fique mais soltinho e consuma no prazo de até 4 dias.  Para reaquecer no microondas, adicione algumas colheres de sopa de água ao arroz e cubra a vasilha com plástico filme para que crie um vapor no reaquecimento. Leve ao microondas por 1-2 minutos, dependendo da quantidade de arroz. Para reaquecer na panela, aqueça um pouco de azeite e despeje o arroz, junto com algumas colheradas de água. Em fogo baixo, misture delicadamente até que esteja quente.

Para congelar:

Espere o arroz esfriar completamente para que fique soltinho e não congele em um único “bloco”.  Coloque em vasilhas ou sacos plásticos e leve ao freezer. Ele pode ser usado dentro do prazo de até 3 meses.  Para reaquecer, é só passar a vasilha em água morna para que o arroz solte do pote e transferir para uma vasilha, levando ao microondas por 2-3 minutos, dependendo da quantidade de arroz.

Última dica

Deixar o arroz cozido descansar antes de servir faz com que a umidade seja distribuída uniformemente, garantindo que tanto o arroz que está no fundo da panela quanto o do topo estejam leves e fofinhos.

Deixo aqui então, 3 técnicas para o cozimento do arroz.

 Técnica 1 – Para 2 pessoas

Ingredientes:

1/2 cebola em cubos

3 dentes de alho

1 colher de sopa de azeite

1 xícara de arroz branco

2 xícaras de água

1 colher de chá de sal

Como Fazer:

Em fogo médio, aqueça o azeite e refogue a cebola  até ficar macia. Adicione o arroz e o alho e refogue por 1 minuto. Acrescente o sal e a água e misture.

Quando levantar fervura, abaixe o fogo e tampe, deixando cozinhar por 15 minutos.Deixe o arroz descansar por 5 minutos antes de servir.

Técnica 2

Ingredientes:

1 xícara de arroz

2 xícaras de água

1 colher de chá de sal

Como Fazer:

Em uma panela coloque a água e o sal e espere levantar fervura. Adicione o arroz e abaixe o fogo, tampando e deixando cozinhar por 15 minutos. Deixe o arroz descansar por 5 minutos antes de servir.

Técnica 3

Ingredientes:

6 xícaras de água

1 xícara de arroz

1 colher de sopa de sal

Como Fazer:

Em uma panela, aqueça a água e o sal e espere ferver.

Quando levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhando destampado por 15 minutos. Escorra o excesso de água antes de servir.

Arroz soltinho - 3 tecnicas #vaicomeroque (1 of 1)-6 Arroz soltinho - 3 tecnicas #vaicomeroque (1 of 1)-3

 

Comentários

No Comments

Deixe o seu comentário