Café da Manha, Donuts e Pães Doces

Chocotone

A época mais gostosa do ano chegou!

Não consigo conter a minha alegria em pensar no natal. As luzinhas, os presentes, as comidas, as férias, a família reunida (que no meu caso esse ano não vai ter, graças ao preço do dólar, valeu! ), mas tudo é lindo e maravilhoso. Eu mencionei a comida?

Sim, porque a gente come horrores no final do ano, com tanta comida gostosa. Mas tudo bem, promessas de 1 de janeiro estão aí por uma razão.

Chocotone nem é tão mal assim vai, tem bem pouquinho de manteiga e açúcar. Bem menos que qualquer bolo que você vai experimentar, te prometo.

Dá trabalho? Sim. Você começa a receita de manhã e é torturado com longas horas  de espera até ficar pronto. Vale a pena? Sim. Você pode esquecer aquele miserê dos panetones que quase não tem chocolate porque aqui você é que manda. Se quiser colocar 90% de chocolate e 10% de massa, pode também. É o seu chocotone. Você pode colocar diversos ingredientes, chocolates que preferir, goiabada, frutas cristalizadas se você gostar. Dá pra customizar como preferir. Essa é a beleza de se fazer chocotone em casa. Dá pra ser criativo e surpreender.

Eu adoro essa receita porque ela fica bem molhadinha e fofa. Só tem que realmente cuidar com o tempo de forno pra que não asse demais. Se isso acontecer, ele vai ficar ressecado e aí você vai vir aqui falar, “mas Fran, a sua receita é péssima, não fica igual ao da marca X ou Y “. Tô avisando viu?! cuida com o tempo de forno.

E ó,  já vou te dar um choque de realidade. Não fica igual aos do mercado mesmo. Porque esses panetones são cheios de conservantes e outras químicas que tornam eles do jeito que são. Então se você quer um igual, vai lá no mercado e compra, você não precisa se dar ao trabalho de fazer em casa se quiser o mesmo sabor.

Mas então pra quê se dar ao trabalho de fazer em casa? Primeiro, pela razão que mencionei acima. Ele é natural, sem aqueles conservantes todos. E segundo, porque você pode rechear como quiser, modelar como quiser. E terceiro, porque eu acho que todo cozinheiro que se preste precisa saber fazer essa receita. Simples.

Espero muito que você goste dessa receita. Quando você fizer, marca o seu chocotone com a #vaicomeroque. Boa sorte 🙂

chocotone-1-2 chocotone chocotone-1-4 chocotone-1-3

Ingredientes:

3 xícaras de farinha de trigo

3 ovos

Raspas de 2 laranjas

1/2 xícara de suco de laranja morno

7g de fermento biológico

1/2 xícara de açúcar

Baunilha à gosto

400g de chocolate meio amargo picado ou em gotas

3 colheres de sopa de manteiga amolecida

Como Fazer:

Em um bowl, coloque o fermento, suco de laranja e 2 colheres de sopa do açúcar. Misture e deixe descansar por 5 a 10 minutos.

Junte 4 colheres de sopa da farinha e misture. Deixe descansar até dobrar de volume (aproximadamente 30 minutos.

Acrescente as raspas de laranja, o açúcar restante, os ovos e a baunilha. Misture e acrescente a farinha aos poucos.

Sove a massa por 5-8 minutos na batedeira com o gancho ou por 10 minutos à mão.

Acrescente a manteiga e o chocolate e misture somente até ficar incorporado.

Transfira a massa para uma superfície enfarinhada e sove por 1 minuto.

Coloque a massa em um bowl untado com óleo e cubra com um pano. Deixe crescer até triplicar de volume (3 a 4 horas).

Divida a massa em 2 partes e coloque nas forminhas de panetone. Cubra com um pano e  deixe crescer novamente até dobrar de volume.

Pincele com um ovo batido e faça um X  com uma faca.

Leve para assar em forno preaquecido à 180 C  por 25-30 minutos ou até que fazendo o teste do palito ele saia limpo.

 

2 Comments

  • Reply Samanta cappra 09/11/2017 at 11:01 AM

    Adorei a receita, simplesmente maravilhosa , maior sucesso ! Sou grata ! Gostaria de saber quantos dias tem de validade, modo de conservação!

    • Reply Francielle Nogueira 09/11/2017 at 12:20 PM

      eu consumiria ele nos primeiros dois dias, porque como não tem conservantes, a massa vai ressecando conforme o tempo for passando. Ele fresco é muito melhor, e você pode guardar tampado fora da geladeira.

    Deixe o seu comentário